22/05/08

V




e vamos entoando
o espaço das sílabas semeadas de lírios
em melodias suaves que se movem
intensas
soltas
no lugar onde os ulmos
fazem frondoso o vento
ao despontar do dia



Maria Costa

2 comentários:

inatingivel disse...

nesse espaço reside o pulso.
no nada da presença
ou no tudo do ser,
harmonia.
e simples sopro
na vida.

obrigado. V.

amfm disse...

e tão bom vir aqui... apetece ficar.
obrigada.
bj